Data(s)

01/03/2022 
30/12/2022

Local

Batalha 

Site & Redes Sociais

Apresentação

Desde 2013, a cidade de Arras tem dinamizado um importante projeto memorialista no âmbito do Centenário da Grande Guerra no território de Arras e Arrageois, despertando considerável interesse e reunindo pessoas muito empenhadas na obra da memória, mas também cidadãos, habitantes do território, que sentiram o dever de se tornarem protagonistas. A questão da transmissão e, com ela, da tomada de posse institucional e da atual receção da memória de conflitos marcantes, não pode ser ignorada enquanto desaparecem os atores e observadores contemporâneos desses acontecimentos. Este é o projeto que a cidade de Arras deseja implementar no âmbito do seu programa “Arras pela Paz” e que conflui diretamente com a vila da Batalha e o seu Mosteiro, onde se situa o túmulo do Soldado Desconhecido e onde são prestadas honras nacionais aos combatentes portugueses na 1ª Grande Guerra. Este projeto cruzado apresentada três exposições: Arras na Grande Guerra e a presença das tropas portuguesas em Artois; Louis Lantoine e a sua obra para a memória dos portugueses na Grande Guerra em Artois; O Mosteiro da Batalha, o Cristo das Trincheiras e a memória do envolvimento de Portugal na Grande Guerra.

Imagens