Data(s)

12/05/2022 
12/05/2022

Local

Lisboa 

Informações Práticas

Centro Cultural de Belém

7€ (por sessão); 44€ (ciclo: 8 sessões)
Desconto de 20% para estudantes e válido apenas para bilhete de sessão singular.

Site & Redes Sociais

Apresentação

“Políticas da Estética: O Futuro do Sensível” é um ciclo de conferências, com curadoria e moderação do filósofo Jacinto Lageira, que reúne alguns dos nomes centrais do pensamento francófono – Jacques Rancière; Sandra Laugier; Catherine Larrère; Alain Caillé; Jean-Marie Schaeffer; Fabienne Brugère, Emanuele Coccia e Marie-José Mondzain – e que traz para o CCB, sob o ponto de vista da sensibilidade e da estética, o debate sobre temáticas urgentes, como o feminismo, a descriminação, a natureza e a ecologia, a política e a economia.

12 de maio | 18H30 | Catherine Larrère: Será que existe uma estética da natureza?

Desde o século XIX os critérios estéticos têm desempenhado um papel importante na proteção da natureza; é porque a consideramos bela que a queremos proteger. Mas a que chamamos beleza quando falamos de natureza? O discurso ecológico, nos séculos XX e XXI, questionou os critérios geralmente aceites sobre a beleza da natureza, acusando-os de serem antropocêntricos e, sobretudo, de fazerem da arte a mediação indispensável para captar a beleza da natureza.
Mas, após esta crítica ecológica, podemos ainda falar de uma estética da natureza? Se suprimirmos a mediação artística, o que acontece à estética? Continua a ser uma questão de beleza? Como considerar o modo como as atividades artísticas continuam a interessar–se pelo meio natural e pelo lugar que o homem nele ocupa?
Tentaremos responder a estas questões a partir de referências retiradas da história e da prática da proteção da natureza e, na história de arte, da pintura romântica paisagística à Land art.

O ciclo de conferências irá continuar no Centro Cultural de Belém a 26 de maio, 23 de junho, 22 de setembro, 13 de outubro27 de outubro.


Programa completo:

I. 17 de março | 18H30 | Jacques Rancière: Arte e Política: a travessia das fronteiras
II. 21 de abril | 18H30 | Sandra Laugier: Democracia do sensível e cultura popular
III. 12 de maio | 18H30 | Catherine Larrère: Será que existe uma estética da natureza?
IV. 26 de maio | 18H30 | Alain Caillé: Para além do pensamento crítico crítico. Paradigma do dom e Convivialismo [cancelada]
V. 23 de junho | 18H30 | Jean-Marie Schaeffer: Epifanias estéticas
VI. 22 de setembro | 18H30 | Fabienne Brugère: As Novas Lealdades Tecnológicas
VII. 13 de outubro | 18H30 | Emanuele Coccia
VIII. 27 de outubro | 18H30 | Marie-José Mondzain

* Programa sujeito a alterações.