Informações Práticas

15 e 16 de outubro

Gabinete da Madame Thao
Lx Factory, Lisboa

Site & Redes Sociais

Apresentação

Existe um fenómeno feroz no mar que se poderia chamar a chegada dos ventos do mar. Em qualquer estação do ano, especialmente na época das syzygies, no momento em que menos se deve esperar, o mar é subitamente tomado por uma estranha tranquilidade.
(Victor Hugo)

No cruzamento entre a França, Vietname, Marrocos e Portugal, “Syzygie, um ritual para o Oceano” é o fruto do encontro de 3 artistas com origens mistas, um diálogo visual e vivo construído em torno da água como um elemento coagulante.

Impulsionados pela consciência da importância do ritual na construção de uma identidade e alimentados por uma longa exploração dos ritos e costumes do Magrebe e Vietname, Filipe Lourenco, Florian Song Nguyen e Bao Vuong revelam o resultado das suas trocas numa peça em vários atos onde a música tradicional, canto, dança, performance, pintura e desenho são convidados.

Às vezes em movimento, às vezes estável mas sempre fluido – como o oceano, “Syzygie” é um trabalho de geometria variável que mistura gesto com água, sal e incenso em pó.