Data(s)

15/10/2022 
16/10/2022

Local

Lisboa 

Informações Práticas

Gratuito

Site & Redes Sociais

Apresentação

Como a festa pode revelar e transformar as nossas práticas corporais no espaço público urbano? Numa cenografia inspirada na pista de dança, uma série de intervenções performáticas e científicas abrirão olhos e corpos em três atos. Em cada um, um/a artista convida o público a acompanhar a coreografia para explorar uma questão do movimento na cidade. Na forma de uma narrativa que se desdobra ao longo do dia, cada ato funciona como um dia inteiro de imersão em que gradualmente mergulhamos num País das Maravilhas para transformar os nossos corpos. Integrado na 6ª edição da Trienal de Arquitetura de Lisboa, o Theatrum Mundi e à la Sauvette oferecem um dia e uma noite de ideias e experiências festivas. A série é parte da programação ao vivo vinculada à exposição Multiplicidade com curadoria de Tau Tavengwa e Vyjayanthi Rao. Ato 1: Género e Poder. Sara Wookey (UK) lidera uma ação sutil e forte para reivindicar os direitos das mulheres no espaço público. Ato 2: Topografias de corpos. Rafael Alvarez (Portugal) vê o corpo como um mapa, como uma possibilidade de viajar, de se reunir e de estar isolado. Ato 3: corpos e espaços queer – Habibitch (França) apresenta uma conferência-performance e um curso de waacking queer descolonizante.